Buscar

meu pé


Rio de Janeiro - segunda

Desde 2014 não fazia fisioterapia.

Não posso dizer que estava com saudades!!! Mas... depois do meu tombo achei melhor ver um profissional, já que meu pé tava gigante.

Revolvi visitar minha amiga Luiza e pedir um socorro... já que ela (que também corre) entende perfeitamente minha pressa em voltar a treinar.

Com muito carinho e profissionalismo ela tratou meu pé. É engraçado que somos mega rivais nas provas, mas nessa tarde nós rimos muito e nos divertimos relembrando nossas histórias no trail run.

E o pé... ?

Desinchou bastante.

Essa semana volto aos treinos... bem devagarinho :)

#RosaliaCamargo

© 2017 VAI CORRENDO. Orgulhosamente desbravando as trilhas